Você conhece suas fezes?

Você conhece seu cocô?

 

28-02-2012-175643-AA013107photodiscmatQuando o assunto é cocô, muita gente evita participar da conversa. Porém, não se pode negar que manter o bom funcionamento do intestino e, consequentemente, a boa aparência das fezes, é sinônimo de saúde e bem-estar.

A maioria das pessoas diz que evacua apenas uma vez por dia, mas quando se pede para que elas registrem todas as suas evacuações, a história é outra. Cerca de 10% das mulheres e 3% dos homens evacuam apenas duas ou três vezes por semana, enquanto uma mulher em cada cem evacua apenas uma vez por semana ou até menos que isso.

Infelizmente, um hábito diário não é garantia de que tudo está bem. Um guia mais fiel de quanto tempo as fezes permaneceram no cólon é a sua aparência, mais do que a freqüência das evacuações.

O peso médio das fezes é de cerca de 100g, mas há variações. A cor normal é sempre marrom, mas, curiosamente, a natureza do pigmento marrom é desconhecida. Em média, as fezes são 75% água, mas a maior parte está sequestrada dentro das bactérias e das células vegetais não digeridas. Da metade a dois terços das fezes são bactérias – algumas vivas, algumas mortas – e o resto consiste principalmente no resíduo não digerido de alimentos vegetais (fibras da dieta).

Segundo especialistas, a pessoa elimina gases, em média, 12 vezes em 24 horas. Este fato foi estabelecido em homens jovens e pode ser bem diferente para homens mais velhos e mulheres. Há variações de uma pessoa para outra.

A ausência de dados científicos neste campo da experiência humana é extraordinária. Por exemplo, ainda não sabemos por que muitas fezes flutuam e outras tantas afundam na água, nem quanto tempo as pessoas gastam no ato da defecação.

Curiosidades:

  1. A necessidade de evacuar é bem definida, mas não é irresistível.
  2. Uma vez que você esteja sentado no vaso, não há demora.
  3. Não há necessidade de um esforço voluntário.
  4. As fezes passam suave e confortavelmente.
  5. Depois do ato, resta apenas uma sensação agradável de alívio.
  6. A parede interna do intestino grosso absorve água e sais e repele as bactérias e os vírus.
  7. As bactérias intestinais são uma defesa segura contra doenças, embora produzam gases.
  8. Muitos aspectos do intestino grosso ainda são misteriosos, mesmo para os médicos.

Sem comentário ainda

Deixe uma resposta