Exercícios de manhã

A prática de exercícios após o café da manhã traz benefícios à saúde

Combinação melhora o desempenho mental e o humor

Um grupo de pesquisadores do Centro de Pesquisas do Cérebro, Performance e Nutrição da Universidade de Northumbria, do Reino Unido, publicou um estudo recente sobre os benefícios trazidos pelas interações entre o consumo de alimentos no café da manhã e a prática de exercícios físicos. Os testes foram realizados com homens  fisicamente ativos, escolhidos de forma aleatória.

De acordo com o estudo, os pacientes apresentaram menor desempenho mental quando não se exercitaram após o café da manhã. Desta forma, os autores da pesquisa concluíram que a combinação da ingestão de alimentos pela manhã seguida da prática de exercícios traz efeitos benéficos à mente e ao humor – que permanecem ao longo do dia. Os participantes aumentaram as capacidades cognitivas, a habilidade para resolver problemas e tomar decisões e ainda a capacidade de memorização.

Entenda a pesquisa

Após a triagem inicial, doze homens saudáveis com idades entre 21 e 26 anos foram selecionados para participar do estudo. Cada participante completou quatro processos independentes, também de forma aleatória: jejum seguido de descanso, jejum seguido de exercícios, café da manhã seguido de descanso e café da manhã seguido de exercícios. Os testes foram separados por um intervalo de dois dias e aplicados em condições laboratoriais similares.

O programa incluía o consumo de aveia e leite no café da manhã ou o jejum, duas horas de descanso, exercícios (corrida na esteira até que 700 kcal fossem gastas) ou descanso, consumo de um lanche (leite com chocolate), 90 minutos de descanso e finalmente o almoço. O desempenho mental e as variações de humor foram registradas frequentemente durante os testes e analisadas pós-café da manhã ou pós-jejum, pós-exercícios ou pós-descanso e após a ingestão de bebidas.

Foram encontrados efeitos significativos sobre o desempenho mental apenas para medições após o consumo de bebida. Os autores relataram, também, menos precisão e lentidão no tempo de reação dos participantes que ingeriram café da manhã e não praticaram exercícios, além disso, a alimentação matinal antes das atividades físicas diminuiu a fatiga mental que ocorreria em decorrência do esforço físico.

É importante ressaltar que o consumo de alimentos pesados e não saudáveis no café da manhã pode ter efeitos opostos e afetar negativamente o humor.

*Os resultados da combinação entre o café da manhã e a prática de exercícios são reais para homens que praticam atividades ativamente. Os efeitos em mulheres e pessoas menos ativas podem apresentar diferenças substanciais. 

Deixe uma resposta